segunda-feira, 22 de setembro de 2008

E viva ao reencontro!



Digo isso porque hoje pensei nas pessoas que procuram e não encontram. Seja um amor, seja uma coisa, seja seu bichinho de estimação que se perdeu... Seja o que for!
Hoje, aconteceu comigo.
O portão abriu com o vento
- imagina o vento! -
O vizinho chamou
Apontou para nossa cachorrinha pretinha
A Nina
No meio da quadra...
Fui atrás....
Quando voltei...
A Isa....
Cadê a Isa...
Nossa branquinha???
A Isa sumiu!!
Rodei quadras,
Perguntei para mais de mil...
Ninguém viu.
Pra sempre viverei amargurada;
Pensava comigo.
Calma
Diminui a adrenalina
Se controla
E mantém a calma.
Porque você VAI achá-la,
Pensava comigo.
IIIIIIIIISAAAAAAAAAAAAA
O grito ecoava
De repente
Dum terreno baldio
Surge a doida
Nossa
Minha retomou a imensidão de ser
Como um copo vazio que se enche de vinho
Até transbordar...
Como se um arco-íris, após um período triste sem cor
Voltasse a ser preenchido de lindas cores vivas,
De tanta vontade de viver no céu
Como o próprio céu,
Que é azul só pra quem vê azul
Mas que se visto com bons olhos,
Lá estarão vivas infinitas cores...

... Isa!!! Vem aqui!!!
Veio toda bamba
A tomei pelos braços e voltei uff... Só sensações.
De lá de longe, vi minha mãe que já saía com o veículo a procurá-la.
Sinalizei levantando a branquinha
Senti de longe seu semblante de alívio,
Tinha entrado em desespero uff!
Nos encontramos no meio do caminho
E meu filhinho, meu reizinho estava deitado no banco
Quietinho mas com cara de não entender o que se passava alí.
Bonitinho meu filhinho alí!
Meu grandote...
Ele é louco pela Isa e suas lambidas.
A Isa voltou.
Minha parceira de aventuras.
Antes andava no guidão da minha bicicleta.
Hoje faz de tudo pra pular dentro da caçambinha debaixo do carrinho do meu filho...
E vamos nessa!
...
De pensar que existem pessoas
Que jamais alcançarão compreender
O AMOR
Que outros sentem por esses bichinhos que se rendem por nós
E preenchem nossa vida de alegria...

...
Sinto muito pelos que buscam sem sucesso, não encontram.
Não posso me imaginar em seus lugares.

Um comentário:

mira.guaruja disse...

Aí Alê, tadinha da Isa né!? Nem imagino a vida sem ela... tão branquinha... Isaaaaaaaaaaaaa... Amo vocês... inclusive as bubuzinhas... Hahaha